Informativo do Verão 96/97

COOLMÉIA Cooperativa Ecológica 

90040-130 – Av. José Bonifácio, 675 – Porto Alegre, Rio Grande do Sul – Brasil

  Clique aqui para mandar mensagem por e-mail (indiretamente)***Informações: fone (051) 333-4211

FEIRA ECOLÓGICA: SETE ANOS DE COERÊNCIA
FINAL DE ANO: RECADO DO CONSELHO ADMINISTRATIVO
ORIENTAÇÃO PARA UMA DIETA VEGETARIANA
VÍDEOS COOLMÉIA
OS DOIS ANOS DA FEIRA DA COOLMÉIA NO MENINO DEUS

FEIRA ECOLÓGICA: SETE ANOS DE COERÊNCIA

Em 14 de outubro de 1996, a Feira Coolméia de Agricultores Ecologistas completou sete anos de existência. Para festejar, a Cooperativa realizou  atividades especiais: celebração de um Culto Ecumênico na Capela do Divino Espírito Santo, o tradicional bolo de aniversário aos agricultores e uma Ceia Comemorativa.

Criada em 1989 para comemorar o Dia Mundial da Alimentação e a Semana Mundial de Luta Contra os Agrotóxicos, a Feira tornou-se um marco nacional pela sua singularidade e pioneirismo, fortalecendo a luta por uma sociedade mais saudável através da qualidade alimentar e da mudança nas relações entre consumidores urbanos e produtores rurais.

O 1º Coordenador Geral da Coolméia, Nelson Diehl, destaca: “A Feira realçou a solidez das atividades da Cooperativa no campo da agricultura ecológica e mostrou que é possível construir-se trabalhos radicais com seriedade e viabilidade econômica; também  proporcionou  momentos de crescimento positivo nas relações entre associados e a vida cooperativa”.

Para Nelson, foram sete anos em que a Coolméia viabilizou um diálogo entre produtores e consumidores.  Para ele este diálogo fortificou o exercício da cidadania por parte dessas pessoas. Também, “durante este período foi mantida a coerência por parte da Cooperativa:  o modelo de alimentos integrais, sem agrotóxicos e aditivos químicos e a comercialização direta”.

No entanto, Nelson afirma que ainda há muito a melhorar, e finaliza: “a vontade política para isto sempre está presente“.

Também a Feira Coolméia realizada no Menino Deus aniversariou. Leia matéria sobre este acontecimento clicando aqui

O Culto Ecumênico

Uma das atividades comemorativas ao aniversário da Feira Coolméia de Agricultores Ecologistas foi a realização de um Culto Ecumênico na Capela do Divino  Espírito Santo, sábado, 19 de outubro.

O Culto foi celebrado por um padre católico e um pastor evangélico, com a participação da Pastoral da Terra de Torres. Estiveram presentes cerca de 30 pessoas, entre associados produtores, servidores e consumidores, além de representantes dos Conselhos da Cooperativa. Na oportunidade, os agricultores levaram alimentos ao altar, os quais foram benzidos. No sermão, foi lembrada a responsabilidade do homem diante da natureza e a importância de se produzir alimentos limpos, que não agridam o meio ambiente.

Voltar ao Índice de Conteúdos

FINAL DE ANO pelo Conselho Administrativo

Como sempre, no final de ano surgem os balanços do que fizemos e deixamos de fazer, o que nos ajuda a fixar as metas para o próximo período. Na Coolméia não ocorre diferente.

Em 1996, elegemos os novos Conselhos Administrativo, Fiscal e Educativo, na maior e mais concorrida Assembléia da história da Coolméia. Realizamos obras: ampliamos o número de produtores que trabalham com a Cooperativa e instalamos as caixas eletrônicas para promover maior agilidade e informações para o sistema de controle. E, sobretudo, mantivemos a qualidade e a seriedade do trabalho da Cooperativa. A Coolméia está viva, gerando vida e dando exemplo para a sociedade.

Para 1997, esperamos ampliar mais a divulgação e viabilização do Alimento Orgânico, pois entendemos que somente através da ampliação do consumo de Alimento Ecológico a população terá saúde verdadeira – tanto o agricultor como o consumidor. Essa viabilização se dará com novas Feiras Ecológicas e colocação de Produtos Orgânicos em outros pontos-de-venda. Temos como meta, também, implantar um centro de custos e terminar com a dívida que tanto tem desgastado nossas relações comerciais.

O Conselho Administrativo termina esse ano consciente de que muito foi feito, mas com a clareza de que a Cooperativa precisa de muito mais.

Que nesse término de 1996 todos nós, associados, façamos uma linda Ceia Orgânica e a dediquemos neste momento de comemoração a todos os seres do Planeta.

Voltar ao Índice de Conteúdos

ORIENTAÇÃO PARA UMA DIETA VEGETARIANA

Como pela manhã o corpo está em processo de eliminação, é preferível que as refeições neste período se constituam de alimentos que facilitem tal processo, como frutas, brotos, folhas verdes, cereais germinados ou cereais em flocos umedecidos. Mais tarde o organismo entra em processo de assimilação, e as refeições podem constituir-se de alimentos mais consistentes, como os que contêm amidos, carboidratos, proteínas e outros. As refeições, para serem equilibradas, devem levar em conta esses diferentes ritmos.

Dicas para uma boa alimentação

Iniciamos as refeições pelos líquidos, sejam eles água, suco, caldo ou sopa, e só depois ingerimos os sólidos. Grande variedade de alimentos tomados em um mesmo horários pode dificultar a sua digestão e levá-los a se degradarem em proporção maior do que quando ingerimos isoladamente. A mistura pode anular as propriedades de cada alimento ou, às vezes, provocar conflitos enzimáticos.  A inteligente combinação de alimentos é uma preservação contra muitas enfermidades. Mesclá-los de forma indiscriminada altera e intoxica o sangue, trazendo como conseqüência a sua acidez, causa de desequilíbrios.

Usar um cereal por refeição. Cereais e seus derivados (farinhas, massas e pães) não deveriam tampouco ser misturados com alimentos feculentos, como os diversos tipos de batata, o inhame, a mandioca e a castanha portuguesa. Eles combinam muito bem com hortaliças e legumes de todo o tipo, bem como com frutas que não sejam ácidas. Os alimentos feculentos também podem ser ingeridos com hortaliças, com frutas que não sejam ácidas, com sementes e frutas oleaginosas e com óleos.

Sugestões:

Desjejum

– Suco de folhas e, após 20 minutos, um prato de frutas picadas (não usar mais de dois tipos de frutas) com granola ou flocos de cereais colocados previamente de molho.

– Suco de folhas e, após 20 minutos, um prato de creme de frutas.

– Suco de uma raiz com fruta (por exemplo, beterraba e abacaxi) e, após 20 minutos, um prato de mingau.

Almoço

Podem ser combinados: um cereal básico, uma salada (que deveria incluir brotos), uma leguminosa (opcional) e legumes refogados ou cozidos no vapor.

Não se deve terminar a refeição com doces ou frutas, pois o corpo assimila primeiro os açúcares e, assim, os outros alimentos, forçados a esperar para serem processados, entram em fermentação. Isso provoca gases e dificuldades digestivas. Exceção deve ser feita, contudo, ao abacaxi, ao mamão e ao figo que, ingeridos após o almoço, facilitam a sua digestão.

(Fonte: Seiva da Vida)

Voltar ao Índice de Conteúdos

VÍDEOS COOLMÉIA

Já está pronto e disponível em cópia VHS aos interessados o vídeo institucional sobre a  Coolméia realizado pela Vidicom em parceria com um grupo de alunos do Curso de Comunicação Social da UFRGS.

Thaís Vieira, Alfredo Barros, Rafael Bevos, Patrícia Rocha, Ana Paula Hardt, Sílvia Cavichioeli, Felipe Anghinoni, Adriene Trinca e Sheila Silveira fizeram parte da equipe, todos alunos da UFRGS.

A orientação técnica e os equipamentos utilizados foram da Vidicom.  

O lançamento ocorreu durante a Ceia de Aniversário dos 7 anos da Feira Coolméia de Agricultores Ecologistas. O vídeo, originalmente em formato Super-VHS, tem 15 minutos de duração e pretende apresentar e divulgar a Cooperativa para associados, visitantes e público em geral. A cópia pode ser adquirida na Secretaria ao preço de  R$ 25,00.

Proximamente estaremos divulgando datas de exibição do vídeo na sede da José Bonifácio. Fique de olho.

Projeto Existência-Vídeos Ecológicos, tem disponível os seguintes títulos, também ao preço de R$ 25,00:

TÍTULOASSUNTODURAÇÃO
Erva-Mate: uma história da floresta à cuiaO cultivo ecológico da Erva-Mate17 min
Coolméia na TVReportagem do programa Globo Rural de 19-03-9526 min
Sítio Pé na TerraReportagem do programa Globo Rural de 23-04-9510 min
Globo Rural por de trás das câmerasOs bastidores da visita da equipe do programa Globo Rural em janeiro de 199537 min
Herbicidas da lavoura de arrozPalestra de Sebastião Pinheiro na Coolméia em 22-7-941h 07 min
Biotecnologia tropicalReportagem sobre Hortão Municipal em Cachoeiro do Itapemirim do Programa Globo Rural. Entrevista com o agrônomo Nasser Youssif31 min
Conexão dioxina: pensando globalmenteHistórico e reportagem sobre dioxinas. Entrevista com Jacques Saldanha e programa da TV alemã sobre contaminação do organismo humano com este veneno40 min
O uso de agrotóxicos no cultivo de batatasReportagem do programa Globo Rural de 4-12-94 

Voltar ao Índice de Conteúdos

OS DOIS ANOS DA FEIRA
NO MENINO DEUS

Os dois anos da Feira da Cultura Ecológica do Menino Deus, no dia sete de dezembro, foram comemorados com o lançamento da produção de melão do Assentamento Nova Santa Rita, de Capela de Santana.

A Reitora da UFRGS, professora Wrana Panizzi, esteve presente na Feira da Coolméia colocando sua instituição à disposição da Coolméia para novas parcerias.

Ao final da solenidade de lançamento do melão, todos, juntamente com os consumidores, foram convidados pelo associado Flávio Silveira, que colabora na Feira desde o seu início, a cantar o “Parabéns a Você” e a saborear o delicioso bolo confeccionado para a comemoração pela turma da Produção.

A produção

O “melão ecológico”, como foi denominado, foi produzido através do Projeto Trabalhadores Rurais, que é uma parceria da Universidade com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST.

O engenheiro-agrônomo Jacques Saldanha, coordenador do Núcleo Técnico Agropecuário da Coolméia, ressalta que o MST está fortalecendo este tipo de agricultura que resgata a cultura no campo e o agricultor como agente deste processo, que é diferente daquele que o expulsou. Disse também que esta parceria entre universidade e sociedade tem como aspecto positivo a relação de complementariedade que se estabelece entre os agentes envolvidos, uma vez que um vai complementar o aspecto que falta no outro, o que exige humildade e humanidade.

O presidente da Cooperativa de Produção Agropecuária Nova Santa Rita (COOPAN), Milton Fornazieri, entusiasmou-se com a venda de mais de mil quilos de melão. Para ele, chamou a atenção a organização e a solidariedade que existe entre os feirantes que se ofereceram para ajudar os recém chegados.

Informou, ainda, que seus companheiros de COOPAN pretendem ampliar a produção ecológica deixando para trás o sistema tradicional. Para tanto estão conversando com a Coolméia para acertar as próximas linhas de produtos que poderão ser colocadas nas Feiras e Entreposto.

Nova sociedade

Para o engenheiro-agrônomo e florestal Sebastião Pinheiro, que assessorou o trabalho desenvolvido no Assentamento, a experiência foi muito importante porque consistiu na produção de um melão sem agrotóxicos em tempo record, através de um processo em que a Universidade, indo ao encontro das necessidades da sociedade, propiciou aos estudantes vivenciar uma tecnologia de ponta, que representa uma nova visão de sociedade. Nesta interação, os estudantes contribuiram com o resgate de pessoas até então marginalizadas e conseqüentemente com a construção de uma nova estética de sociedade onde se consolida o espaço ecológico.

Pela UFRGS, além da Reitora, compareceram ao lançamento o professor Luiz Fernando Coelho de Souza, Pró-reitor de Extensão (que é oriundo da Faculdade de Agronomia), professor Edni Schroeder, coordenador do Departamento de Educação e Desenvolvimento Social da Pró-Reitoria de Extensão e alunos envolvidos com o projeto: Simone da Costa, Marciano Toledo da Silva, Vinicius Pasquotto e Luciano Cadó Flores.

São quinze toneladas de melão que já estão sendo comercializados nas Feiras da Coolméia e no entreposto.

Aproveite e delicie-se com esta verdadeira maravilha da produção ecológica! (Texto: colaboração da associada-jornalista Ilza Girardi; versão final de responsabilidade do Informativo)

[Voltar ao Índice de Conteúdos]

[Voltar à Página Principal do AgirAzul]

Fonte em 2020 (Endereço original em 1996: http://www.agirazul.com.br/coolmeia.htm)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s