Sobre

Ajude a compartilhar a história da
Cooperativa Ecológica Coolméia
com as novas gerações

Faça parte desta história, colocando seus documentos, fotografias, publicações sobre a Coolmeia à disposição dos interessados em conhecer melhor a história da luta em favor da alimentação orgânica e maior qualidade de vida.

Proposta: resgatar e construir colaborativamente as fontes historiográficas da Coolméia

Objetivos: dar conhecimento às novas gerações do que foi a Cooperativa Ecológica Coolmeia em especial para historiadores, estudiosos e educadores. Viabilizar pesquisas acadêmicas sobre a Coolmeia, movimento cooperativo, movimento ambientalista, naturismo, vetarianismo, feiras, e muitas outras áreas possíveis de pesquisa.

Página para enviar colaborações!

Outro projeto

Há um grupo de pessoas também resgatando a história da Feira dos Agricultores Ecologistas – FAE para a produção de um documentário intitulado Mãos à TerraVer detalhes


Histórico recente da proposta

O domínio www.coolmeia.com.br foi utilizado pela Coolmeia a partir da criação da Web e foi utilizado enquanto ela existia como organização. Depois que a Coolméia desapareceu, o domínio chegou a ser registrado e utilizado por outras iniciativas empresariais e foi resgatado em 2019 pelo responsável pelo site AgirAzul.com para ser utilizado para, a partir de um trabalho colaborativo, resgatar a história da Cooperativa para as atuais e futuras gerações.

Este site é resultado de esforço coletivo e visa tão somente trazer a história aos dias atuais –– o que foi e que representou a Cooperativa Ecológica Coolmeia para o seu tempo? Inicialmente, o site é construído com base no WordPress, em uma conta básica e gratuita.

EQUIPE ABERTA– A proposta inicial foi sempre realizar este esforço sem custos, na forma de militância – por isso, poucas as pessoas envolvidas inicialmente com o projeto. No entanto, caso tenhas condições e tempo de se dedicar, entre em contato e informe no que pode ajudar. Evidentemente, faltam na equipe artistas gráficos, pessoas para incluir este esforço nas redes sociais, ou até para incluir materiais já disponíveis no site.

HISTORIADORES E PESQUISADORES – Talvez os historiadores e demais pesquisadores do futuro tenham até melhores condições de relatar e estudar o que foi a Coolmeia a partir do material incluído aqui e que se encontra fisicamente em inúmeras residências, espalhados pelo Rio Grande do Sul, pelo Brasil ou pelo mundo.

CENTRO DE PESQUISAS – O ideal seria que todo este acervo/material pudesse estar fisicamente arquivado e colocado à disposição em algum centro de guarda de memória, seguindo técnicas arquivísticas, como um museu, um centro de pesquisas, ou em alguma instituição correlata. E armazenado de forma a resistir a passagem do tempo.

EQUIPE ATUAL – Atualmente, em agosto de 2020, a equipe é formada por João Batista Santafé Aguiar, Nelson Dias Diehl, Lilian Dreyer e Laura Germano. Todos são ex-colaboradores e associados da Coolmeia. Contato.

versão 15/8/2020

Fontes historiográficas sobre a Coolmeia recolhidas da comunidade

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: